Axl Rose ataca Slash novamente


 Axl Rose acusa o seu antigo colega de banda, o guitarrista Slash, de ter atentado contra a sua saúde, tendo-o obrigado a fazer uma digressão contra a sua vontade. Segundo o NME, na origem das discussões que levaram ao fim da banda estiveram os concertos extra que os Guns tiveram de fazer durante a digressão de 1991 de apoio ao álbum "Use Your Illusion". Segundo Axl Rose, Slash e o antigo empresário da banda, Alan Niven, forçaram-no a actuar com base em interesses próprios. «Os comentários que eu li sobre a digressão nos media ou no livro de Slash foram, na minha opinião, parte de uma estratégia política da sua parte», diz Axl Rose enquanto acrescenta que não pretende comprar nenhuma "guerra": «Quero esclarecer que não pretendo disparar contra nenhum dos antigos ou actuais membros da banda, é apenas uma resposta ao que se passou». O actual guitarrista dos Guns, DJ Ashba, em Janeiro deste ano já tinha entrado em defesa de Axl Rose. «Acho que há muita imprensa a tentar criar a imagem de que Axl Rose é um idiota mas todos nós temos os nossos dias. Acho que muita gente não percebe que ele é realmente divertido e passa o tempo todo a tentar fazer rir as pessoas», disse também ao NME.
Share:

Online

Matérias

Resenhas