O novo disco de Rob Zombie


O novo disco de Rob Zombie, “Venomous Rat Regeneration Vendor”, possui uma capa que tem toques sujos e nojentos (a face de Zombie e desenhos de ratos), mas que também remete aos LPs coloridos da era hippie e psicodélica do final dos anos 1960. Quanto ao som, as únicas referências a essa época, forçando a barra, são o órgão Hammond na ótima faixa “Dead City Radio and the New Gods of Supertown” e a versão para “We’re an American Band”, do Grand Funk.
O que se ouve em “Venomous Rat Regeneration Vendor” é o metal industrial da época do White Zombie, com muitos diálogos, narrações e efeitos sonoros incidentais. Zombie canta como um Alice Cooper atualizado, com muita interpretação e energia. O resultado é um ritmo pulsante com muita distorção e que embalará os “pula pulas” nos shows. Bons exemplos são “Teenage Nosferatu Pussy”, “Revelation Revolution”, “Behold, The Pretty Filthy Creatures!” e “Lucifer Rising”, que são os pontos altos do álbum.
Share:

Online

Matérias