"As 10 caras do rock baiano" com: “Oreah Chinaski” vocalista e baixista da Declinium

Oreah defina pra mim o que é lançar um disco falando de existencialismo na atual cena de rock da cidade? Cara , pra gente é meio que natural porque talvez esse seja justamente o nosso diferencial, outro dia fomos tocar em candeias e um cara na plateia disse que a gente era a banda mais dramatica que ele já tinha visto, (Risos).

O que "Marte" trás de novo? Uma preucupação maior com os arranjos e letras acho que rolou uma evolução legal no trabalho, aquele lance de se firmar com nossa propria cara, sempre tive trauma de gravar, mas esse disco pra mim foi o que fiquei mais confortavel fazendo e a ideia é sempre passar o que a gente tá sentindo. Acho que fomos bem sucedidos nesse aspecto.

Os trabalhos da Declinium estão sempre recheados de minimalismos e detalhes de produção. Como é feita essa direção artistica, criação de músicas, capa e afins? Geralmente eu chego com a ideia inicial e a banda trabalha em cima desse material, todos os integrantes opinam da mesma forma, não tem essa de um só decidir, sempre acreditei que se é banda todo mundo tem que meter a mão na massa, nesse EP contamos com o auxilio luxuoso de “Léo Marinho” gravando e “Jera Cravo” mixando e masterizando as musicas, “Jera” , arrisco a dizer que conhece a “Declinium” mas que eu! (Risos). A parte grafica que fez foi “Wilson” da “Pastel de Miolos”. Dei a ideia e ele executou.O  sacana é meio anjo da guarda pra gente, sou um vacilão de primeira linha, mas ele sempre tá lá apoiando não deixando a peteca cair e na parte musical quem tem Fofo, léo, Bruno e Ericson numa banda é garantia de qualidade gosto e respeito todas as formações que tivemos, mas essa formação é a que sempre sonhei a que mas gosto.

Falando em não deixar a peteca cair, o que te mantem tocando e o que te levou a tocar rock. As influências da banda se renovaram para a construção de "Marte" ou a banda ainda pesquisa nas mesmas fontes de trabalhos anteriores? Cara, acho que se eu parar de tocar, paro de existir! Sempre fiz isso é a maneira que eu tenho de exorcizar os meus demônios sabe? Fico muito feliz quando sei que a pessoa ouve o nosso trabalho e entende o que a gente quer passar. Sempre fui um cara sem grandes expectativas com relação a tudo sabe? Vim de uma familia detonada, não me encaixava em lugar nenhum, não tinha referência pra nada e onde fui me encontrar? “No rock´n´roll”...Tocar me faz ter aquela sensação de que sou útil pra alguma coisa. As referências continuam as mesmas, mas escutamos coisas novas também e de forma indireta isso acaba nos influenciando, mas eu acho que a declinium já tem uma identidade, se você ouvir vai sacar de imediato que é Declinium.

Podemos esperar um album cheio, ou a banda prefere gravar EP's e esperar a reação do público? O que vocês espera com o lançemanto do EP? Os shows de divulgação do album tem acontecido?
Sim, nunca fizemos um disco cheio por absoluta falta de grana, (Risos)...mas parece que agora vai! Descolamos um produtor interessado em trabalhar com a gente, então os shows estão sendo agendados bigbross tá dando uma força monstro nesse sentido. Parece que as pessoas estão gostando do trabalho elogiando e isso motiva mais ainda o lance agora é tocar no maior numero de lugares que for possível e evitar as roubadas porque já estamos mais calejados e tomar prejuizo é barril demais, (Riso).

Falar em falta de grana, como é viver para o rock e não do rock. Trocando em miudos, não ser remunerado por isso. Ter que Trabalhar em outras áreas e não receber só pelo rock produzido?
Velho, sinceramente eu espero que comece a entrar alguma grana agora , mas se não entrar beleza também...(Risos). A recompensa vem de outras formas sabe? como quando termina um som e vem alguem falar que te ouviu num momento especial essas coisas aquele momento em que você tá num palco tocando e as pessoas cantando junto não tem preço man. E eu sou um ninguém saca? E sinceramente eu não me sinto sacaneado por não rolar grana, se rolar massa, mas eu me sinto satisfeito de fazer parte dessa cena que esta tomando forma aqui em camaçari. Tem surgido bandas muito foda cara que eu saio de casa pra ver porque sei que são boas de verdade. Rivermann ,Foursome , Pivos Codigo em Sigilo e muitas outras são caras que nem eu ,as vezes melhores, tipo Patricio da Foursome ,Bruno da Rivermann ,Sassau da “Codigo” são caras que eu realmente admiro ,eu particularmente acho que sou o menos talhado pra tá na frente cantando e tal. Já viu um cara mais improvável pra tá na frente com uma banda? sou eu, mas parece que funciona, (Risos).

Na cena atual, qual ou quais bandas vocês destacaria como revelação de um bom trabalho? 
“Fousome”, os caras são realmente bons! Na minha opinião são os melhores hoje! Tem a “The Pivos” que é foda a “Rivermann” que também trampa muito certo e tão surgindo mais bandas ainda, eles estão se articulando pra gravar!

Porque a cena de Camaçari tem se mostrado mais forte que as produções feitas em Salvador. qual a sua visão sobre o assunto?  Man, vai parecer piegas o que vou te falar mas é porque a gente se apoia. Um ajuda o outro sempre em tudo desde organização de shows como emprestar material, essas coisas a gente quer fazer junto e não competir e parece que o público entende isso. Uma coisa que eu fico puto com relação a salvador é que algumas bandas parecem que estão numa competição, nem assistem o show da banda que tá tocando no mesmo evento sabe? Mas tem bandas muito legais em SSA como; Falsos Modernos, Pancreas, Theatro de Seraphim, The Honkers...

Existe alguma coisa que te desagrada na cena de rock da cidade?
A mentalidade de alguns donos de casa de show ,eles acham que estão fazendo favor em te colocar pra tocar, mas aqui temos um apoio legal da secretaria de cultura e do teatro Alberto Martins que ajudam muito dão um apoio massa, tem a panela produções de Flavio Guerra e Paulo Derrico que estão movimentando as coisas de forma profissional e muito justa por aqui Flavio também é vocalista da “Ladrões Engravatados” um dos shows mais divertidos que já ví. São muito bons, e eu sempre tento ver as coisas de uma forma positiva, até o que me desagrada, (Risos).

Deixo esse último momento para considerações finais...

Só tenho a agradecer a vocês pela força! É assim que se constrói a cena com bandas e veiculos de midia que saibam do que tão falando. Quem se interessar em nos levar pra tocar, contate-nos e vamos tocar rock, muito obrigado mesmo pela oportunidade e essas “bandecas” de nariz empinado não estão com nada!!! (Risos) grande abraço. CLIQUE AQUI E CONHEÇA A BANDA!
Share:

Online

Bandas

32 Dentes 4 Discos de Rock Baiano 4ª Ligação A Flauta Vértebra Aborígines Acanon Ádamas Almas Mortas Amor Cianeto André dias André L. R. Mendes Anelis Assumpção Antiporcos Apanhador Só Aphorism Aqui tem Rock Baiano Aurata Awaking Baiana System Bauhaus Bilic Black Sabbath Blessed in Fire Blue in the Face Boogarins Búfalos Vermelhos e a Orquestra de Elefantes Buster Calafrio Callangazoo Carburados Rock Motor Cardoso Filho Carne Doce Cartel Strip Club Cascadura Casillero Céu Charles Bukowski Charlie Chaplin Chuva Negra Cidadão Instigado Circo de Marvin Circo Litoral Cólera Dão David Bowie Declinium Derrube o Muro Desafio Urbano Desrroche Destaques dez caras do rock Documentário Downloads Du Txai e Os Indizíveis Duda Spínola Enio Entrevistas Erasy Eric Assmar Espúria Eva Karize Exoesqueleto Festival Festival Soterorock Filipe Catto Free?Gobar Fresno Fridha Funcionaface Game Over Riverside Giovani Cidreira HAO Heavy Lero Hellbenders Ifá Incubadora Sonora Ingrena Invena Inventura Irmão Carlos Ironbound Jack Doido Jackeds Jardim do Silêncio Jato Invisível Kalmia Kazagastão KZG Lançamentos Latromodem Leandro Pessoa Lee Ranaldo Limbo Lírio Lo Han Locomotiva Mad Monkees Madame Rivera Mais uma Cara do Rock Baiano MAPA Marcia Castro Maria Bacana Maus Elementos Messias Modus Operandi Motherfucker Mulheres Q Dizem Sim Murilo Sá Nalini Vasconcelos Neurática Not Names Novelta O Quadro O Terno Old Stove Olhos Para o Infinito Órbita Móbile Organoclorados Os Canalhas Os Elefantes Elegantes Os Jonsóns Os Tios Overfuzz Ozzmond palco do rock Pancreas Pastel de Miolos Pesadelo Pirombeira Pitty Portal Pós-punk Prime Squad Programas Quadrinhos Rattle Resenha de discos Resenha do cd Resenhas Reverendo T Reverento T Rivermann Rock Rock Baiano Rock Baiano em Alta Rock de camaçari Ronco Scambo Show Shows Shows. Cascadura Siba Singles Soft Porn Som do Som Sons que Ecoam Squadro Subaquático Super Amarelo Surrmenage Tangente Teenage Buzz Tentrio Test The Baggios The Cross The Honkers The Pivos Theatro de Seraphin Thrunda Titãs Tony Lopes Tsunami Universo Variante Úteros em Fúria Vamoz! Van der Vous Vende-$e Vivendo do Ócio Wado Wander Wildner Weise Wry

Matérias

Antigas

Mais Populares