Pular para o conteúdo principal

Cascadura anuncia lançamento de clipe da música O Delator

"O clipe terá estreia oficial dia 31 no site da revista Rolling Stone Brasil e show comemorativo no Portela Café, dia 2 de agosto"
No próximo dia 31, a banda Cascadura lança o clipe da canção “O Delator”, que tem direção de Glauco Neves e Carlos Faria. Este é o segundo clipe do mais recente álbum da banda, “Aleluia” (2012), com o qual venceram o Prêmio Dynamite de Música Independente na categoria Melhor Álbum Pop de 2013. O primeiro clipe do álbum foi da música “Soteropolitana”, lançado em janeiro de 2012.
“Soteropolitana” é uma grande homenagem e também uma provocação às abordagens estereotipadas da cidade de Salvador. Mas além de pautar a história e dinâmica da capital em suas músicas, Fábio Cascadura, cantor da banda eautor de todas as canções da sua discografia, também gosta de lidar com aspectos negativos da existência humana, e é por aí que caminha a música “O Delator”...

A canção, que fala sobre a ação de delatar alguém, conta com a voz de Jajá Cardoso, da banda baiana Vivendo do Ócio, e a parceria se estende para o clipe, onde Jajá contracena com Fábio. Os dois interpretam as faces da acusação: quem acusa e quem é acusado de delação. Tudo foi organizado em cerca de 10 dias e filmado em uma madrugada.  As gravações aconteceram na garagem de uma empresa de ônibus de Salvador.
O clipe é uma realização da Attack Estúdio e 0800 Filmes com produção da Ruffo - Marketing Cultura e Arte. O diferencial está na fotografia, assinada por Carlos Faria que, desde o roteiro, se preocupou com a construção estética de um clipe colorido e direto. Seu lançamento exclusivo será dia 31 de julho no site da Revista Rolling Stone BRASIL .  Até lá o público pode conferir o trailer do clipe no canal do Cascadura no Youtube .
A partir do dia 2 de agosto o clipe estará disponível em outros canais, além do site da Revista Rolling Stone BRASIL. Nessa data, a banda fará um show para comemorar o lançamento do clipe junto com os fãs, em Salvador, no Portela Café (http://portelacafe.com.br), às 22h. Ingressos podem ser adquiridos com antecedência no local do show ou na loja Mídia Louca por R$20. Na hora do show, custarão R$30 na bilheteria.
O grande diferencial desse show será sua plasticidade, que vai honrar a bela fotografia do clipe de “O Delator”. Além disso, clipes do Cascadura e trechos da sua história serão exibidos em telão durante toda a noite, compondo o cenário da festa.
LANÇAMENTO DO CLIPE | Trailer já disponível no YouTube: Clique aqui!

Lançamento oficial: no site da Revista Rolling Stone Brasil: Dia 31.
 
Festa de Lançamento: 
Portela Café
2 de agosto, 22h
Ingresso: 20 reais (vendas no Portela Café e no Mídia Louca)
Vendas na bilheteria no dia da festa: 30 reais


Mais informações:
71 8833 9399 / 71 9198 7107 (Adriana Carolinne - Ruffo – Marketing, Cultura e Arte)
adriana@ruffo.art.br
facebook.com/cascadura.rock



Popular Posts

Discoteca Básica Soterorock Apresenta: Entre 4 Paredes

Dando continuidade na nossa maratona especial da quarta edição do Soterorock Sessions, aqui vai mais uma postagem da série Discoteca Básica Soterorock Apresenta. Dessa vez, trazendo mais uma atração do nosso evento, a banda Entre 4 Paredes. Com diversas influências musicais, que vão do pop rock, até o post punk, passando pelo rock nacional e o gótico, o sexteto traz para essa matéria bons sons que merecem uma audição mais atenta e, junto a eles, as suas relações com cada um desses discos. Pegue carona nas dicas do grupo e deguste cada segundo musical dessa lista!
David Vertigo (tecladista)
Suicide - Suicide


O disco que inventou o cyberpunk antes dele existir. O trabalho de estreia homônino da dupla Suicide (Alan Vega nos vocais e Martin Rev no sintetizador) mostra da forma mais crua possível o que bandas de Industrial, EBM e afins só exibiriam décadas mais tarde:  niilismo, subversão, falta de esperança, ódio, inconformismo... Com timbres minimalistas, baterias repetitivas, vocais nonse…

Todo dia é dia de rock. Por Leo Cima.

Aconteceu, no final de semana em que se celebrou o dia mundial do rock, o festival Rock Concha 2019. Evento que, neste ano, comemorou trinta anos da sua primeira edição. Houve um hiato de um pouco mais de vinte anos nas suas atividades, porém, há quase uma década, a festa vem acontecendo de maneira assídua a cada ano e já pode ser considerada como certa no calendário cultural da cidade.
Para esta ocasião, a produção do evento apostou em um lineup que propôs fugir de repetir nomes escalados nos anos anteriores, se mantendo atrativo neste sentido e oferecendo ao seu público bandas relevantes na cena nacional e local, com algumas delas há bastante tempo sem vir à Salvador, outras lançando trabalho novo, ou comemorando décadas de estrada. A falta de roadies durante algumas apresentações foi percebida em dois momentos, nos shows da Drearylands e da Alquímea, mas nada que comprometesse o desempenho de ambas no palco!
No sábado, quem abriu o evento foi a Drearylands. Comemorando vinte anos …

As 10 Caras do Rock Baiano - Com a Banda Vômitos, "Punk Rock pra mendigo!"

O Portal Soterorockpolitano foi buscar na cidade de Barreiras os entrevistados da oitava entrevista da série “As 10 Caras do Rock Baiano”, são eles o guitarrista Rick Rodriguez e o vocalista Tito Blasphemer, da banda Vômitos. Nessa entrevista eles falam sobre as condições da cena da sua cidade e do esforço para mante-la ativa, suas influências e a inspiração para as suas letras, além da repercussão do clipe da música “Facada”, que já chegou a mais de 3.000 visualizações no Youtube. Então, ajeite-se na sua cadeira e fique ligado para não tomar uma facada no bucho.
Soterorockpolitano - Como e quando surgiu a banda? Rick Rodriguez - A banda surgiu em 2007, tínhamos um interesse em comum, que era o punk rock, e isso nos motivou a formar a banda na época, começamos tocando músicas dos Ramones, que era nossa banda preferida e logo em seguida começamos a compor, e ter nossas próprias músicas. Tito Blasphemer - Estávamos cansados da cena de nossa cidade, bandas que tocavam apenas covers de banda…