Biergarten: Bier, Blues und Rock’n‘ Roll.**


            Hallo Leute! Domingo passado (29 de novembro), como amante de bebida e cultura alemã, decidi ir ao Biergarten no Trapiche Barnabé, evento nos moldes alemãs que trouxe bebida, comida e música em um ambiente agradável (biergarten significa jardim de cerveja em alemão). Peguei meu chapéu verde com peninha que comprei em Blumenau ano passado e fui lá tomar cervejas artesanais. O evento foi caro, 15 reais a entrada e com cervejas que iam de 6 a 25 reais e algumas ainda mais caras. Mas, como eu havia dito, gosto muito da cultura alemã e paguei sem pensar duas vezes. A surpresa agradável foi que chegando lá descobri que o Eric Assmar Trio iria tocar, fato esse que tornou a entrada “mais barata”. Tocaram ainda antes da minha chegada a SSA - Som Soteropolitano Ambulante com Participação de JP, que eu, sinceramente, não tenho a mínima ideia do que se trata por não ter visto o show, por tanto não posso comentar.

            Eric Assmar trio começou meio tímido e aos poucos foi chamando atenção do público. O trio consta de Eric Assmar na guitarra, Rafael Zumaeta no baixo e Thiago Brandão na batera. A banda mostrou que tem um som bem encorpado que consegue atrair uma platéia que não está muito acostumada com blues e rock and roll. A banda também parece que redefiniu o conceito de “pocket show”, já que a mesma fez uma apresentação de duas horas sem se tornar, de forma alguma, chato!

            Aqui eu faço um pequeno intervalo para fazer um elogio e propaganda a uma cerveja que tomei: Estrela Tricolor, cerveja é clara, de baixa fermentação e com suave aroma de lúpulo. Vale a pena experimentar, mesmo se você torce para o Vitória (pasmem, rs).


            Mas enfim, voltando ao show. Senti falta de mais músicas próprias, uma vez que o show constou de muitos covers como Eric Clapton, Gary Moore, Chuck Berry, BB King, Howlin’ Wolf e Louis Armstrong, porém compreendo que um show para uma platéia não muito roqueira trazer sons de outros artistas ajuda a chamar atenção. Mas, não sendo injusto, a banda trouxe materiais próprios inclusive músicas que estarão no próximo álbum da banda que sairá no primeiro semestre de 2016.

         Outro ponto que me chamou atenção foi quando a banda trouxe o riff do White Stripes, Seven Nation Army. A banda, a meu ver, deveria tocar a música toda e não ficar somente no riff, justamente para mostrar para a platéia que a música é muito mais do que é tocado nos estádios. Fora esses pontos, que são pessoais, o show foi excelente, bastante animado e conseguiu chamar atenção do público. E por fim, volto para casa de táxi, bêbado, já que sou um bêbado responsável. Volto bêbado e feliz com uma noite de blues e rock and roll. Auf Wiedersehen!


**Matéria originalmente publicada em 04/12/2015, por Rodrigo Vergne.
Share:

Online

Bandas

32 Dentes 4 Discos de Rock Baiano 4ª Ligação A Flauta Vértebra Aborígines Acanon Ádamas Almas Mortas Amor Cianeto André dias André L. R. Mendes Anelis Assumpção Antiporcos Apanhador Só Aphorism Aqui tem Rock Baiano Aurata Awaking Baiana System Bauhaus Bilic Black Sabbath Blessed in Fire Blue in the Face Boogarins Búfalos Vermelhos e a Orquestra de Elefantes Buster Calafrio Callangazoo Carburados Rock Motor Cardoso Filho Carne Doce Cartel Strip Club Cascadura Casillero Céu Charles Bukowski Charlie Chaplin Chuva Negra Cidadão Instigado Circo de Marvin Circo Litoral Cólera Dão David Bowie Declinium Derrube o Muro Desafio Urbano Desrroche Destaques dez caras do rock Documentário Downloads Du Txai e Os Indizíveis Duda Spínola Enio Entrevistas Erasy Eric Assmar Espúria Eva Karize Exoesqueleto Festival Festival Soterorock Filipe Catto Free?Gobar Fresno Fridha Funcionaface Game Over Riverside Giovani Cidreira HAO Heavy Lero Hellbenders Ifá Incubadora Sonora Ingrena Invena Inventura Irmão Carlos Ironbound Jack Doido Jackeds Jardim do Silêncio Jato Invisível Kalmia Kazagastão KZG Lançamentos Latromodem Leandro Pessoa Lee Ranaldo Limbo Lírio Lo Han Locomotiva Mad Monkees Madame Rivera Mais uma Cara do Rock Baiano MAPA Marcia Castro Maria Bacana Maus Elementos Messias Modus Operandi Motherfucker Mulheres Q Dizem Sim Murilo Sá Nalini Vasconcelos Neurática Not Names Novelta O Quadro O Terno Old Stove Olhos Para o Infinito Órbita Móbile Organoclorados Os Canalhas Os Elefantes Elegantes Os Jonsóns Os Tios Overfuzz Ozzmond palco do rock Pancreas Pastel de Miolos Pesadelo Pirombeira Pitty Portal Pós-punk Prime Squad Programas Quadrinhos Rattle Resenha de discos Resenha do cd Resenhas Reverendo T Reverento T Rivermann Rock Rock Baiano Rock Baiano em Alta Rock de camaçari Ronco Scambo Show Shows Shows. Cascadura Siba Singles Soft Porn Som do Som Sons que Ecoam Squadro Subaquático Super Amarelo Surrmenage Tangente Teenage Buzz Tentrio Test The Baggios The Cross The Honkers The Pivos Theatro de Seraphin Thrunda Titãs Tony Lopes Tsunami Universo Variante Úteros em Fúria Vamoz! Van der Vous Vende-$e Vivendo do Ócio Wado Wander Wildner Weise Wry

Matérias

Antigas

Mais Populares

Resenhas