Nos trilhos do bom rock’n roll.*


A Bahia é um estado imenso, o que é bem verdade. E não há como contestar o fato de que há rock sendo feito em cada canto que exista nesta terra. Assim como na capital, o interior também possui suas bandas e suas cenas, com suas rotinas e esforços para manter as suas atividades sem que elas percam o seu ritmo e isso não seria diferente na cidade de Itabuna.

É de lá a banda desta resenha, a Locomotiva. Em atividade desde o ano de 2012 o quinteto faz um som bem fincado no hard rock e no classic rock com pegada blues, porém com uma veia que transita entre o final dos anos oitenta para o início dos anos noventa e com um clima de bar pegando fogo e pé na estrada levantando poeira. Uma referência como o Guns’n Roses é bastante forte no som dos rapazes itabunenses.

A obra começa com Recompensa, uma intro inicial que emula o ambiente de um saloon do velho oeste com o som de muitas vozes conversando e gargalhando, bebidas sendo servidas e atmosfera agitada. No Rastro do Sol começa com velocidade, vocal rasgado e solo de guitarra veloz, sem perder o ritmo até a faixa acabar. Em Álcool e Fogo um slide guitar dita o clima da canção enquanto o vocalista versa sobre como ele e sua parceira representam a combinação quente e perigosa desses dois elementos quando estão juntos. Na Contramão se inicia com um baixo bem pulsante e presente, para depois entrar a banda com um clima hard rock noventista, celebrando as boas memórias compartilhando uma boa bebida com os amigos e em busca de uma boa diversão. Boa faixa! Loucomotiva tem uma intro ao som de um trem acelerado, assim como a música, mesmo nas partes mais groovadas, bons riffs, mais um bom solo de guitarra e cozinha conversando bem. Talvez a melhor do disco. Só Mais uma Dose encerra a obra no mesmo clima em que começou, festejando o fato do final de semana chegar, de cair nas brejas e não parar de se divertir um segundo até a noite acabar, isso tendo uma trilha vigorosa ao fundo.

Nesse primeiro EP da Locomotiva fica evidente a influência da banda do Axl Rose no seu som. Seja nos vocais, nas guitarras, no baixo ou na bateria, a referência está lá, mas isso não é algo ruim. Em alguns momentos a sonoridade deste debut deixa um pouco a desejar, mesmo não comprometendo o desempenho do quinteto de Itabuna que parece ter se entregado de corpo e alma nas gravações. É um som divertido, dá para colocar fácil no repeat e seguir com a festa. É bom rock vindo do interior!



*Matéria originalmente publicada em 23/02/2016.
Share:

Online

Bandas

32 Dentes 4 Discos de Rock Baiano 4ª Ligação A Flauta Vértebra Aborígines Acanon Ádamas Almas Mortas Amor Cianeto André dias André L. R. Mendes Anelis Assumpção Antiporcos Apanhador Só Aphorism Aqui tem Rock Baiano Aurata Awaking Baiana System Bauhaus Bilic Black Sabbath Blessed in Fire Blue in the Face Boogarins Búfalos Vermelhos e a Orquestra de Elefantes Buster Calafrio Callangazoo Carburados Rock Motor Cardoso Filho Carne Doce Cartel Strip Club Cascadura Casillero Céu Charles Bukowski Charlie Chaplin Chuva Negra Cidadão Instigado Circo de Marvin Circo Litoral Cólera Dão David Bowie Declinium Derrube o Muro Desafio Urbano Desrroche Destaques dez caras do rock Documentário Downloads Du Txai e Os Indizíveis Duda Spínola Enio Entrevistas Erasy Eric Assmar Espúria Eva Karize Exoesqueleto Festival Festival Soterorock Filipe Catto Free?Gobar Fresno Fridha Funcionaface Game Over Riverside Giovani Cidreira HAO Heavy Lero Hellbenders Ifá Incubadora Sonora Ingrena Invena Inventura Irmão Carlos Ironbound Jack Doido Jackeds Jardim do Silêncio Jato Invisível Kalmia Kazagastão KZG Lançamentos Latromodem Leandro Pessoa Lee Ranaldo Limbo Lírio Lo Han Locomotiva Mad Monkees Madame Rivera Mais uma Cara do Rock Baiano MAPA Marcia Castro Maria Bacana Maus Elementos Messias Modus Operandi Motherfucker Mulheres Q Dizem Sim Murilo Sá Nalini Vasconcelos Neurática Not Names Novelta O Quadro O Terno Old Stove Olhos Para o Infinito Órbita Móbile Organoclorados Os Canalhas Os Elefantes Elegantes Os Jonsóns Os Tios Overfuzz Ozzmond palco do rock Pancreas Pastel de Miolos Pesadelo Pirombeira Pitty Portal Pós-punk Prime Squad Programas Quadrinhos Rattle Resenha de discos Resenha do cd Resenhas Reverendo T Reverento T Rivermann Rock Rock Baiano Rock Baiano em Alta Rock de camaçari Ronco Scambo Show Shows Shows. Cascadura Siba Singles Soft Porn Som do Som Sons que Ecoam Squadro Subaquático Super Amarelo Surrmenage Tangente Teenage Buzz Tentrio Test The Baggios The Cross The Honkers The Pivos Theatro de Seraphin Thrunda Titãs Tony Lopes Tsunami Universo Variante Úteros em Fúria Vamoz! Van der Vous Vende-$e Vivendo do Ócio Wado Wander Wildner Weise Wry

Matérias

Antigas

Mais Populares

Resenhas