Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2020

Quarto (eu acho) guia de singles. Por Leonardo Cima.

Eis aqui um punhado de singles lançados até agora neste ano, com muito trabalho vindo do interior da Bahia e com registros originados de antes e de depois desse período de quarentena no qual vivemos. Tem musica para todos os gostos, todos os formatos, todos os sentidos e de todo tipo de mensagem. Então, se ajeite onde está, leia as resenhas e deguste os sons de cada banda/artista enquanto você relaxa. Se puder, fique em casa!

Conjura - Vexação
Vexação é o single de estreia da dupla feirense Conjura, que surge com um som pesado, usando tudo o que a guitarra, a bateria e um vocal nervoso podem proporcionar aos ouvidos. A influencia do punk, combinada a uma sujeira sonora que remete às bandas independentes norte-americanas de meados dos anos 1990, conduzem o texto firme, direto e reto cantado aqui, sem baixar a guarda, ou dar espaço para suavidades musicais. Tauã Oliveira (guitarra/vocal) e Taísla Araújo (bateria/vocal)  preenchem bem os espaços da faixa, demonstrando vontade e força.
Ouça …

Coluna OCADEL: Kind of Blue - Miles Davis e o álbum que reinventou a música moderna (Richard Williams). Por Leonardo Cima.

Procurando abranger um pouco mais os temas que gostamos de abordar aqui no site, damos início a uma nova coluna no Portal Soterorock. Dessa vez, olhamos para o mercado editorial, e para a cultura pop, e abrimos espaço para expormos as nossas impressões sobre algumas das nossas leituras, sejam elas de livros ou quadrinhos, e para as nossas maratonas de séries e filmes, que contenham os mais variados assuntos. A leitura e as películas, assim como a música, são algumas de nossas paixões e a Coluna OCADEL chega para preencher esse espaço há tempos por aqui esperado.
Então, com as considerações feitas, a obra escolhida para essa estréia é o livro Kind of Blue - Miles Davis e o álbum que reinventou a música moderna (2011), do inglês Richard Williams, e publicado no Brasil pela editora Casa da Palavra. Em tempos de quarentena, uma maratona de leitura ganha força quando se têm livros esperando que você acesse cada um deles e o único trabalho que se tem nessas horas, talvez, é a escolha de por …

Visitando o passado, enxergando o futuro. Por Leonardo Cima.

O mais recente lançamento dos selos SoteroRec e OCADISCOS marcou a estreia da nossa nova série, a Retro Rocks. Série essa que tem como proposta trazer para o ouvinte de hoje, trabalhos de bandas da primeira década do início deste século e além, e que sumiram na poeira da internet após o término das suas respectivas atividades. Um trabalho de resgate da memória da nossa cena local, em mais um sinal de sua riqueza e diversidade.
Este artista, ou banda, como preferir, é também um dos grandes motivos para a criação destes selos. Em outubro do ano passado me encontrei remexendo no baú da G.O.R., à procura de um material nosso que pudesse ser lançado em um futuro não muito distante, e, em meio a fitas k-7 com registros de canções sendo mostradas pela primeira vez, cd-r's com ensaios perdidos e antigas demos, eis que estavam dois cds que me chamaram a atenção, ambos possuindo um conteúdo que confesso não estar recordado, naquele momento, de possuí-los em mãos.
Estavam, literalmente, perdid…